Home Sobre Contato
24
out
Esmalte Meu Vermelho – Vult
Postado por Andrea Cordeiro em Beleza

esmalte meu vermelho vult

Olha quem já chegou as perfumarias, os lindos esmaltes da Vult. Se você assim como eu, estava super desinformada e nem sabia que a Vult tinha lançado esmaltes, toca ai!

A linha de esmaltes da Vult foi lançada na feira da Beauty Fair e logo no início já lançaram 56 cores. Os esmaltes se destacam por sua embalagem, bem diferente das tradicionais, o frasco personalizado encanta a primeira vista. No vidro também tem uma borboleta da marca sobressaltando. Contém 8 ml.

 “Cobertura uniforme, brilho e secagem rápida”. {promete a marca}

Não costumo passar vermelho, mas quando vi que minha manicure tinha encontrado este ultimo frasco na loja, eu fiquei louca pra testar e saber se era bom. Assim que começa a passar já dá para perceber o quanto o pincel é mais grosso que o de outras marcas. O pincel tem 900 fios e facilita muito na hora da aplicação. Com uma camada, já cobre super bem, mas sempre passo duas camadas como de costume. Não mancha os dedos e é super fácil de remover. Realmente seca bem rápido e não empelotou.

esmalte meu vermelho vult 2

Eu sinceramente, amei demais! Se tivesse que dar uma nota seria 10. Para uma linha que acabou de entrar no mercado, entrou com grande estilo. Já quero testar as outras cores! Será vendido nos pontos de venda que vendem as maquiagens da Vult. Aqui na minha cidade custou em média R$ 6,00.

esmalte meu vermelho vult 3Esmalte: Meu Vermelho 

Película: Look das Unhas

E vocês? Já encontraram os esmaltes da Vult por ai?

Um grande beijo!


10

Comentários via Facebook

23
out
Quando o sexto sentido vira profissão
Postado por Andrea Cordeiro em dicas

mulher-detetiveA intuição feminina é assunto de intermináveis conversas, tanto entre homens quanto entre mulheres. O sexto sentido parece aflorado e muitas vezes nos surpreendemos com nossa habilidade, especialmente para descobrir desvios de conduta. No entanto, será que vale a pena sempre confiar na intuição? Afinal, apesar do grande número de acertos, nosso sexto sentido também pode falhar, afinal não fazemos parte da elite que compõe uma agência de detetives particulares.

Algumas mulheres possuem esse dom de descobrir coisas muito aflorado e elas podem até mesmo transformar isso em profissão. A cada dia cresce o número de mulheres que assumem a profissão de detetive e passam seus dias e até mesmo noites perseguindo alvos e tentando provar desvios de conduta.

Investigação conjugal é a mais procurada

Dentre as diversas investigações que um detetive pode realizar a maior procura – cerca de 70% – refere-se a relações conjugais. Homens e mulheres que desconfiam de seus cônjuges buscam uma agência afim de descobrir a verdade ou apenas obter provas.

Além da investigação conjugal, outros tipos comuns de investigação são:

  • Empresarial;
  • Contra-espionagem;
  • De adolescentes;
  • Busca por desaparecidos.

Para ser um bom detetive é necessária atenção aos detalhes, persistência, honestidade e principalmente, coragem. Muitas vezes o investigador particular precisa usar disfarces que podem até mesmo serem um pouco diferentes, como vendedor e até morador de rua.

mulher-detetive-2

Equipamentos tecnológicos

Para realizar a investigação de forma apropriada e obter provas, o detetive utiliza a tecnologia a seu favor. Diversos equipamentos são utilizados como câmeras de foto e vídeo, gravadores de áudio, escutas e câmeras escondidas.

Equipamentos com rastreadores, como navegadores GPS e celulares também são usados no monitoramento, junto com extensa análise de bancos de dados e redes sociais. Além disso, o detetive costuma utilizar carros e motocicletas para perseguir o alvo.

A investigação é sigilosa e o detetive particular passa imperceptível para o alvo. Caso ele seja descoberto, todo o trabalho acaba sendo perdido. O cliente tem sempre garantido o sigilo do serviço e ao final da investigação recebe as provas e um relatório preparado pelo detetive com o resultado do trabalho.

Por Maristela Duarte – São Paulo/SP

IMG_5301a

 


9

Comentários via Facebook

22
out
Ruivo tá na moda!
Postado por Andrea Cordeiro em Beleza

tumblr_n7bqguPNdn1r76xh7o1_1280

Quem nunca sonhou, pelo menos uma vez, em ter os lindos ruivos naturais da Marina Ruy Barbosa? Infelizmente poucas pessoas tem a sorte de nascer assim, mas a boa notícia é que hoje em dia podemos conseguir tonalizar as madeixas e ficar bem próximo do ruivo natural.

10727491_1479713712296038_249960611_n

Alguns dizem que é modinha, outros dizem que é coisa de idade, mas uma coisa é certa, o ruivo está fazendo a cabeça da mulherada. E ruivo acobreado, aquele ruivo laranjinha, é o que todas desejam. Hoje em dia existe tonalizantes que facilitam muito, na minha época não tinha muito essas coisas.

Sim, na minha época porque já fui ruiva por muito tempo. Dos 12 aos 17 anos tive vários tons de ruivo no cabelo, já tive o cabelo vermelho fogo, vermelho mais fechado, vermelho puxando por roxo, várias cores. Eu amava ser ruiva, adorava ter o apelido de “ruiva”. Então aos 17 anos resolvi tirar o ruivo, foi um processo muito longo, muito longo mesmo. Eu já não identificava mais com o vermelho, achava que estava em outra fase e depois de todo o trabalho disse que nunca mais pintaria o cabelo de vermelho. Bom, até agora.

page

Depois de seguir tantos Instagram de lindas ruivas, estou seriamente tentada a pintar de novo. Não consigo ficar muito tempo com uma cor só, sempre tenho que ficar mudando, cortando, vocês já devem terem percebido né! Mas essa vontade não está sendo como das outras vezes, que quero e já vou logo fazendo, só estou com desejo mesmo, porque a coragem não chegou ainda.

Ser ruiva tem suas vantagens e desvantagens. Por experiência própria, as vantagens são:

- Você vai chamar muita atenção.

Principalmente das mulheres, por incrível que parece, as mulheres são as que mais “quebram o pescoço” para olhar uma mulher ruiva passando na rua. Alguns homens gostam, mas a maioria é indiferente. Meu marido mesmo não quer que eu volte a ficar ruiva, ele diz que eu fico muito menininha ruiva (embora depois que vamos ficando mais velha não seja tão ruim parecer novinha né!? rsrss).

- Você vai ter uma referência.

Quando forem lembrar de você ou se referir a você, quase sempre vão se referir a ruiva. (“Sabe a Maria?”, “Que Maria?”, “A ruiva”, “aaah sim, sei..”)

- Você vai ser destaque.

Com certeza quando for tirar uma foto com as amigas loiras e morenas, você vai se destacar mais.

Desvatagens: 

- Enjoa rápido.

Bom não sei vocês, mas eu enjoo muito rápido das coisas, principalmente uma cor que chame muita atenção e você sempre vai olhar no espelho, reparar e lembrar da cor do seu cabelo, com certeza enjoa mais rápido.

- Desbota rápido.

É uma cor que você sempre tem que retocar e igualar da raiz as pontas. Mas hoje em dia existe vários tonalizantes bons para fazer durar mais tempo. Na minha época não existia muitos tonalizantes, quase todo mês estava no salão retocando.

- NÃO SAI!

Bom, acredito que esse seja o único motivo para eu não ter pintado ainda. É muito díficil tirar o ruivo do cabelo. Eu demorei mais de 2 anos para conseguir tirar todas as manchas e ainda tive que cortar o cabelo para sair logo todo o vermelho. Então se você quer ficar ruiva, pense bem para não se arrepender, porque se não, vai dar uma enorme dor de cabeça.

Várias blogueiras já aderiram ao ruivo acobreado, olha que lindas:

blogueiras ruivas

Bianca Andrade (Boca Rosa) – Dani Nogueira (Mimimi e Fofurices)  – Renata Fukuda (Umbigo sem Fundo) – Paulo Buzzo (Não Provoque) – Nayara Rattacasso (Garota Comum) – Fran Guarnieri (Morando Sozinha)

Por enquanto, eu fico aqui, só na vontade. Se quiserem mostro um dia todas as fases do meu cabelo. E você, está querendo ficar ruiva?

Um grande beijo!


24

Comentários via Facebook

Páginas12345... 47»